A cadeia não tirou o poder de oratória de Lula